Só os loucos sabem...

















"Antes diziam que o fim do mundo seria um apocalipse. Fogo, enxofre , colapso entre as ruas das cidades e caos em todos os lugares. Entretanto, estavam errados. Posso dizer isso porque eu testemunhei o fim do mundo. E na verdade, não houve incêndios, nem destruição. As pessoas não prejudicavam uma as outras e o céu permaneceu azul.
 

O apocalipse não aconteceu da forma que todos previam. Ao longo da história da humanidade, sempre se faziam a mesma pergunta. Uma questão crucial que nos atormentou por muitas gerações, a questão que gerou guerras, preconceito, desigualdades entre varias outras coisas ruins. Pensávamos que nunca iríamos saber a resposta. Mas hoje todos sabemos. Sabemos a resposta que gerou grandes custos para humanidade. O sentido para a nossa existência, a origem da vida, o sentido da vida e a razão da morte mostrou sua face. Nosso objetivo foi finalmente revelado para nós um dia ensolarado em dezembro. Em uma fração de segundo, tudo foi revelado para nós. 

Todo o nosso questionamento e teorias foram em vão. Não tínhamos ideia onde estávamos nos metendo. Nós éramos tão inocentes. Olhando para trás, tudo isso, a humanidade pensavam ser especial diante dos olhos de Deus. Agora que a verdade foi revelada, sabemos que Deus nunca existiu. Agora a sociedade esta deixando de existir. As ruas estão vazias, todos estão isolados desde que a resposta foi revelada. Todas as religiões estavam erradas mas também todos cientistas também erraram. O que movia o mundo eram as perguntas, e agora que sabemos a resposta não há mais motivo para viver. Nós sabemos a verdade agora. Qual a motivação que nos resta? Ganhamos o conhecimento do significado da vida e da morte. Agora nesse mundo não há mais guerras, roubos, preconceitos, discriminação, desigualdades mas também não há mais amor nem esperança, resumindo... Não há mais vida.

A verdade de nossa existência foi uma resposta simples, mas era o nosso maior medo. Eu não posso mais viver com o conhecimento. Eu preferia que o mundo nunca soubesse a resposta. Tenho sido drenado da minha personalidade e que me fazia especial. Mas agora... eu não sou mais eu. Eu já não tenho um propósito. Nós, nos tornamos uma espécie não tem mais nada para fazer. O sentido da vida foi concluído. A questão só existe porque nós existimos. Sem nós, os planetas continuarão girando, as estrelas continuarão queimando, e os corpos celestes irão continuar.
 
Tudo o que resta é a minha mente e nada mais. As vozes ainda me lembram esta resposta horrível. Elas continuam dizendo que tudo o que já fizemos foi inútil. Por que que essas vozes não saem da minha cabeça? Elas dizem que a humanidade estava errada em acreditar que somos especiais. Nós não somos nada ... nós ... não somos nada... "


A mulher olhava seu marido amarrado em uma camisa de força, tendo ataques de loucura, ela olhou para o doutor que estava ao lado dela e perguntou: 

- Por favor, meu marido vai ficar bem? Por favor, diga que sim. - A mente do seu marido esta completamente insana, esta a beira da loucura, acho que é tarde demais para salvarmos, eu sinto muito  - respondeu o médico. A mulher abaixou a cabeça e uma lágrima escapou dos olhos. Ela se virou para ir embora, a última coisa que ela ouviu enquanto saía do edifício foi os gritos de seu marido, gritando:  - Nós não somos nada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário